O MACACO BACANA: arte, diversidade cultural e ensino de línguas no Ensino Fundamental

 

BANDO DE BRINCANTES
apresenta a edição bilíngue do livro
O MACACO BACANA

Em 2016, o Bando de Brincantes e a Editora Papo Abissal lançaram uma nova edição do livro O MACACO BACANA, em uma versão bilíngue. A primeira edição, lançada em 2013 e esgotada no primeiro semestre de 2015, demonstrou o potencial educativo e artístico do material que foi adotado em diversas escolas gaúchas.
O MACACO BACANA conta a história de um macaco que tenta imitar as habilidades de outros bichos para buscar bananas, mas só consegue atingir seu objetivo quando resolve ser quem realmente é, sem deixar, no entanto, de aprender com os demais. O livro é apropriado para crianças que cursam Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental, abordando o tema da diversidade de forma lúdica e responsável.
A criação de uma versão poética em uma língua estrangeira contribui no ensino de línguas por evidenciar aspectos de construção da linguagem de uma maneira acessível ao universo infantil. Sem necessitar compreender explicações que soam completamente abstratas, por meio da ludicidade do jogo literário, a criança percebe as similaridades e diferenças fonéticas, estruturais e culturais de cada língua, em um aprendizado mais amplo e instigante.
O lançamento da segunda edição foi feito por Laura Mansur, no dia 22 de setembro de 2016, na Universidade de Córdoba, por meio da Secretaria de Extensão da Faculdade de Línguas, quando essa professora ministrou curso de ensino de línguas dentro do evento “Diálogo intercultural entre Argentina e Brasil: contos e Lendas”. No Brasil, foi lançado dia 01 de dezembro de 2016, em evento na Casa de Cultura Máqrio Quintana.
A professora Laura Mansur ministra aulas na área da língua espanhola e realiza projetos de iniciação científica no Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (CAp / UFRGS), atuando nas Séries Iniciais, além de fazer parte da comissão de intercâmbio estudantil e do projeto de extensão que realiza atividades culturais de intercâmbio entre Argentina e Brasil , desenvolvido pela UFRGS em parceria com a Universidade Nacional de Córdoba, na Argentina.
No marco do interesse pelo diálogo cultural entre países irmãos, em 2016, Laura elegeu o trabalho do Bando de Brincantes para participar do programa anual de capacitação docente “Lenguas en Movimiento” da Universidad Nacional de Córdoba, convidada pela Profª. Marcela Echenique, docente argentina que conforma também a comissão de intercâmbio internacional.
A escolha de Laura se deve à identificação entre sua proposta de ensino de línguas por meio de contos e o trabalho que a autora Viviane Juguero desenvolve sobre arte e universo infantil, em muitos anos de trajetória junto ao Bando de Brincantes e em sua pesquisa de doutorado sobre Dramaturgia Dialética, no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFRGS, sob a orientação do Prof. Dr. João Pedro Gil.
O projeto de realizar O MACACO BACANA em uma versão em espanhol foi resultado de questionamentos que surgiram entre Laura Mansur e Viviane Juguero sobre o estudo dos diferentes fatores culturais que determinam o funcionamento de uma língua e devido à temática da diversidade, enfocada na obra. Assim, o poeta uruguaio Jorge Rein foi convidado para fazer uma versão do livro para o espanhol, resultando no texto EL MONO QUE NO ERA BANANA. Jorge Rein procurou trabalhar com o texto de uma maneira em que a poesia, a brincadeira e a narrativa originais fossem convertidas para a lógica de pensamento da língua espanhola, o que impede uma tradução literal e resulta em uma prazerosa percepção da diversidade de pensamento presente nas distintas culturas. Também em diálogo com a ideia de diversidade, as ilustrações da renomada artista Monika Papescu foram desenvolvidas em uma linguagem pictórica instigante, divertida e provocadora. As imagens proporcionam a ampliação de percepções por meio composições plásticas que dialogam com o texto, ampliando os sentidos possíveis e os convites lacunares à imaginação dos leitores mirins que assumem um papel ativo, refletindo e interpretando a narrativa plural de todo o livro.
A partir desse material, a professora Laura Mansur iniciou um projeto piloto com seus alunos do Ensino Fundamental no Colégio de Aplicação da UFRGS, constatando um excelente resultado tanto no ensino de língua estrangeira, quanto na percepção dos fatores culturais que compõem a construção de uma língua. Além disso, o interesse das crianças por discutir e ampliar seus conhecimentos sobre as diferentes culturas, os diferentes animais e a percepção da beleza da diversidade humana, demonstraram o potencial pedagógico desse trabalho em diversas áreas: artes, línguas, educação ambiental e desenvolvimento social.
O livro O MACACO BACANA também já está sendo trabalhado nas aulas do professor Maximiliano José Suarez, em aulas de português ministradas em Córdoba.


Adquira o livro em nossa loja virtual, clicando AQUI.


FICHA TÉCNICA:
Palestrantes no evento: Laura Manur, Viviane Juguero e Jorge Rein
Texto do livro: Viviane Juguero
Versão do texto em espanhol: Jorge Rein
Ilustrações e projeto gráfico: Monika Papescu
Edição Geral: Editora Papo Abissal
Ações educativas multidisciplinares: Laura Nelly Mansur e Viviane Juguero
Revisão da História: Sandra Juguero
Tradução geral para o espanhol: Laura Nelly Mansur
Revisão ortográfica em português: Press Revisão
Assessoria Gráfica: Miriam Gress
Impressão: gráfica Calábria Tratamento e digitalização de imagens: Maximiliano Graña Dias
Assessoria de imprensa: Simone Lersch
Assistente de produção: Éder Rosa
Criação gráfica de materiais promocionais: Propaganda Futebol Clube
Parceria Cultural: Sindec/RS
Realização do livro: Bando de Brincantes e editora Papo Abissal
Realização do projeto de intercâmbio: UFRGS e UNC


Breves currículos:
Viviane Juguero é artista, produtora cultural e educadora. É doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFRGS, onde cursou Bacharelado, Especialização e Mestrado em Teatro. É diretora geral do Bando de Brincantes, coletivo de arte com o qual realiza, espetáculos, livros, CDs, oficinas e palestras. Viviane recebeu prêmios e destaques, como Tibicuera de Teatro, Açorianos de Música e Habitasul de Literatura, dentre outros. Desenvolve trabalho de dramaturgia para adultos e crianças e possui livros e CDs publicados.
Jorge Rein é jornalista, dramaturgo, poeta, ficcionista e tradutor. Nascido em Montevidéu, Uruguai (1948), reside em Porto Alegre, Brasil, desde 1971. Textos publicados em revistas, cadernos literários, livros coletivos e individuais. Obras de ficção e de teatro premiadas em concursos no Brasil, Uruguai, México e Alemanha.
Laura Mansur Serres é argentina com naturalização brasileira, Licenciada em Letras (PUCRGS) e em Comunicação Social (UNC), Especialista em Integração e Mercosul (UFRGS), Mestre em Letras (PUCRS). Desenvolve pesquisa sobre Literatura Infantil e Educação. Professora no Colégio de Aplicação da UFRGS desde 2011, atuando nas Séries Iniciais na área da Língua Espanhola, Iniciação Científica, Oficinas Especializadas e na Comissão de Intercâmbios do Ensino Médio com o Colégio Monserrat da Universidad Nacional de Córdoba (Argentina) e o Instituto Remedios Escalada de San Martín de Villa Carlos Paz (Argentina).


 


 

site produzido por metamorfose - agência digital